Segurança nas instituições de ensino foi tema de reunião em Palmas/PR

Foi realizado na tarde desta terça-feira,15, no Centro Cultural Dom Agostinho, em Palmas/PR, uma reunião com diretores das instituições de ensino, organizada pela Polícia Civil e Militar com o objetivo de apresentar e discutir medidas de segurança nas escolas. A temática voltou à tona após a apreensão de um adolescente, morador de Palmas, que incitava possíveis ataques a escolas.

A ação partiu de um alerta do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, que acionou os órgãos de segurança do Brasil, chegando até o jovem palmense. Na residência do menor, a Polícia Civil apreendeu materiais eletrônicos, além de realizar o encaminhamento do rapaz para depoimento.

Adolescente palmense que incitava possíveis ataques a escolas é frio e calculista diz delegado

No depoimento, o menor relatou que em sua rede de contatos, incitava e planejava ataques a escolas, além de apresentar orientações sobre como cometer crimes de diferentes naturezas, atuando como um mentor. Após a oitiva do menor, o caso foi encaminhado para o Ministério Público e Poder Judiciário.

Na reunião o delegado Felipe Silva de Souza apresentou dados referentes a estudos internacionais, apontando que a maioria dos ataques a escolas têm como motivação inicial o bullying. Ele destaca que é necessário familiares e também professores terem atenção ao comportamento dos adolescentes e sobre seus hábitos na Internet.

Tenente Bueno destacou que o objetivo da reunião foi trocar experiências com as gestões escolares, estreitando a comunicação com as instituições. Em entrevista a nossa reportagem no início da semana, tenente Bueno informou que a Patrulha Escolar já retomou suas atividades, contribuindo também para a segurança dos estabelecimentos.

REPÓRTER ALENCAR
© Copyright 2019, Ludegério Alencar Pereira Eireli.
CNPJ: 32.612.586/0001-31
/ Agências de notícias, propaganda e MKT. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Todos os direitos reservados.