Professores municipais realizam manifestação na Câmara de Palmas/PR

Professores da rede municipal de educação de Palmas realizaram no final da tarde desta segunda-feira (20), uma mobilização na praça central, visando chamar atenção da sociedade e do poder público para demandas da categoria.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Professores Municipais (Sindiprom), Andreia Ribeiro, um dos pontos principais da pauta de reivindicações é a falta de reposição salarial à categoria.

Estudo elaborado pela assessoria contábil da entidade aponta que os professores municipais de Palmas sofrem uma defasagem de 33% em seus salários. O Sindicato afirma que o município possui condições financeiras e fiscais de zerar essa desatualização salarial.

Além da questão salarial, os professores cobram melhores condições estruturais, com a contratação de novos docentes para salas de reforço, educação especial e hora-atividade.

Após atos na praça central, os professores seguiram em caminhada até a Câmara de Vereadores, onde a assessoria contábil da categoria fez uso da tribuna livre durante sessão ordinária, expondo algumas das reivindicações.

Após as explanações, foi proposta a realização de uma audiência pública para discussão do assunto entre Sindicato dos Professores, Secretaria Municipal de Educação e Câmara de Vereadores. Os pontos apresentados pelo Sindicato foram encaminhados à assessoria de comunicação da prefeitura, aguardando-se uma posição sobre o assunto. Fonte:RBJ

REPÓRTER ALENCAR
© Copyright 2019, Ludegério Alencar Pereira Eireli.
CNPJ: 32.612.586/0001-31
/ Agências de notícias, propaganda e MKT. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Todos os direitos reservados.