OAB/PALMAS emite nota de repúdio e denuncia mau atendimento da CEF a advogados de Mangueirinha/PR

A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SUBSEÇÃO DE PALMAS,
ESTADO DO PARANÁ, através de seu Presidente Eduardo E. Tobera Filho, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Lei nº 8.906/94 enquanto serviço público, no cumprimento de suas finalidades institucionais legalmente definidas, na defesa da ordem jurídica, dos direitos humanos e da boa aplicação das leis, no intuito exclusivo de contribuir e cooperar com o fortalecimento do Poder Público constituído, vem à presença da sociedade e da advocacia da Cidade de Mangueirinha e região, denunciar e repudiar o tratamento indigno e prejudicial à administração da Justiça dispensado pela Caixa Econômica Federal aos advogados e jurisdicionados.

É incompreensível e inadmissível que a mais tradicional instituição financeira do país negligencie por prazos irrazoáveis, semanas até, a liberação de alvarás judiciais, causando toda sorte de constrangimentos e dificuldades à categoria e aos jurisdicionados. Há muito, a OAB-PALMAS/PR convive com justas e recorrentes queixas da advocacia acerca do contumaz desrespeito da Caixa Econômica Federal. Incontáveis são as reclamações. Assim, a presente Nota vem repudiar referidos fatos, bem como, solicitar e requerer que os pagamentos sejam realizados em até 24 horas na agência de Mangueirinha.

A importância da Caixa não se restringe ao pagamento de auxílio emergencial do Governo Federal, mas também no cumprimento de ordens judiciais para pagamento de valores, já que as ferramentas tecnológicas estão disponíveis justamente para permitir o processamento das ordens sem contato físico. Mas, quando os pagamentos não são processados no tempo adequado, os advogados e os jurisdicionados procuram as agências para cobrar o pagamento de suas ordens, gerando um maior risco de aglomeração e da consequente contaminação pelo coronavírus.

A Advocacia sempre lutou e lutará pela segurança e dignidade de todos! Estamos trabalhando duro para apoiar a advocacia neste momento difícil e não mediremos esforços para que todos tenham seus pleitos atendidos. A luta da advocacia é a luta da OAB-PALMAS. É a nota para o resgate do respeito à Advocacia e população local.

NOTA

REPÓRTER ALENCAR
© Copyright 2019, Ludegério Alencar Pereira Eireli.
CNPJ: 32.612.586/0001-31
/ Agências de notícias, propaganda e MKT. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Todos os direitos reservados.