Mulher é presa e confessa que matou homem em sindicato

Na manhã desta quinta-feira (07), a Polícia Civil da 5ª SDP prendeu em Itapejara D’Oeste através de mandado de prisão, uma mulher que era suspeita de ter cometido o homicídio, onde foi vítima José Roberto Matiazzo.

O crime ocorreu no dia 04 de março de 2020, no Sindicato da Alimentação de Itapejara D’Oeste. A vítima foi encontrada seminu, com os olhos vendados e sentado amarrado em uma cadeira com ferimentos graves na região da cabeça, além de muito sangue espalhado pelo corpo e no local dos fatos.
A Polícia Civil investigou o caso e chegou até a autora que foi presa na manhã desta quinta-feira em casa. Em depoimento ao delegado Eder Oliveira, ela confessou o crime alegando que José Roberto, estava ameaçando o filho dela de morte e então armou a cena do crime, levando uma garrafa de champanhe.

Segundo a polícia, ela informou que seduziu José Roberto e quando ele já estava na cadeira amarrado ela o atingiu com a garrafa.

Conforme o delegado, ela disse que teria praticado o crime sozinha. Questionada se ela tinha alguma relação com a vítima, a mulher disse que apenas profissional. Ela disse que após o crime jogou o celular da vítima em um rio.

O delegado relatou que a polícia está investigando possíveis conversas no celular dela para tentar apurar maiores detalhes.

A mulher encontra-se presa na ala feminina do Depen de Pato Branco.

REPÓRTER ALENCAR
© Copyright 2019, Ludegério Alencar Pereira Eireli.
CNPJ: 32.612.586/0001-31
/ Agências de notícias, propaganda e MKT. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Todos os direitos reservados.