Justiça Eleitoral de Palmas arquiva ações que pediam cassação de prefeito, vice e vereador

A Justiça Eleitoral de Palmas julgou improcedentes e arquivou ações judiciais que apontavam supostos crimes de compra de votos por parte do prefeito Kosmos Nicolaou (PSD), do vice Bruno Goldoni (PSD) e do vereador Paulo Bannake (PSB) nas eleições de 2020. O arquivamento definitivo do processo foi informado no inicio da tarde desta terça-feira (21).

As ações foram propostas pelo Ministério Público e apontavam que, no curso do processo eleitoral, os então candidatos haviam supostamente praticado condutas que caracterizavam compra de votos, como a realização de churrascos e a suposta entrega de dinheiro para eleitores.

Pela ausência de provas em torno dos fatos apresentados nas ações, a juíza Tatiane Bueno Gomes julgou improcedentes as duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral, determinando os seus arquivamentos, conforme pode ser consultado na sentença publicada pela magistrada.

Fonte: RBJ

REPÓRTER ALENCAR
© Copyright 2019, Ludegério Alencar Pereira Eireli.
CNPJ: 32.612.586/0001-31
/ Agências de notícias, propaganda e MKT. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Todos os direitos reservados.