Fiscalização reforça ações para cumprimento de decreto restritivo

Mais ações integradas para evitar aglomerações clandestinas em todo o Paraná. Intensificação nas fiscalizações de trânsito e na comercialização e venda de bebidas alcoólicas em locais públicos fora do horário estabelecido. Mais policiais nas ruas para garantir o cumprimento do chamado “toque de recolher”.

Essa será a estratégia das forças de segurança do Paraná para fazer valer as novas medidas sanitárias contra a Covid-19 estabelecidas pelo decreto 7.716/2021, em vigor a partir desta sexta-feira (28) – o documento é válido até as 5 horas do dia 11 de junho e pode ser prorrogado dependendo do cenário da pandemia no Paraná. “Vamos reforçar significativamente a fiscalização para garantir o fiel cumprimento do decreto estadual. Atuaremos em três frentes: operações de trânsito para evitar a combinação álcool e direção e assim reduzir acidentes com traumas; vigilância sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas; e intensificação da presença do trabalho da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu)”, destacou o coronel Hudson Teixeira, comandante-geral da Polícia Militar do Paraná.

“Tudo isso deve garantir menos pressão sobre o sistema hospitalar e ajudar no controle da transmissão do vírus”, completou. As diligências da Aifu têm sido cada vez mais frequentes em todo o Estado. No final de semana passado, por exemplo, perto de mil pessoas foram flagradas em aglomerações em Curitiba. Também foram lavradas 37 autuações administrativas relacionadas ao desrespeito dos decretos estadual e municipal. Uma pessoa foi presa por embriaguez ao volante. As ações integradas são realizadas pela PM com apoio das guardas municipais, órgãos de fiscalização urbana das cidades e Corpo de Bombeiros.

“Vamos disponibilizar mais bafômetros para o efetivo que estará nas ruas. Seremos rígidos, nos adequando aos decretos mais restritivos, sejam eles do Estado ou dos municípios”, afirmou o coronel. “Estaremos atentos também a festas clandestinas que costumar aglomerar pessoas, especialmente os mais jovens”.

A PM reforça o pedido para que as pessoas denunciem pelo telefone 181 qualquer movimentação suspeita ou indicativo de festa clandestina. A intensificação da fiscalização da Polícia Militar faz parte de um esforço do Governo do Estado para que as medidas de enfrentamento à Covid-19 sejam cumpridas pela população, principalmente sobre o distanciamento social em locais públicos e estabelecimentos comerciais, além do uso de máscara. “A Secretaria da Segurança Pública está pronta a colaborar com operações e projetos que visam a proteção da população.

Desde o início da pandemia temos atuado com intensidade em todo o Estado, alertando em barreiras sanitárias ou em operações de fiscalização”, disse o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

Com informações da AEN.

 

Foto: SESP/PR

REPÓRTER ALENCAR
© Copyright 2019, Ludegério Alencar Pereira Eireli.
CNPJ: 32.612.586/0001-31
/ Agências de notícias, propaganda e MKT. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada. Todos os direitos reservados.